Executivos da 777 já deixaram o Brasil; Vasco se prepara para a transição para a SAF – VASCONet

23 de julho de 2022 Off Por admin

SIGA-NOS

Executivos da 777 já deixaram o Brasil; Vasco se prepara para a transição para a SAF Sexta-feira, 22/07/2022 – 08:37 Chegou ao fim mais uma visita da 777 Partners ao Vasco. A delegação do grupo americano, dessa vez composta por quatro diretores, foi embora do Rio de Janeiro ainda na noite de quinta-feira, em diferentes voos que saíram do Galeão. Foram três dias cheios de reuniões e compromissos que, entre outros propósitos, serviram para preparar o terreno para a transição da SAF vascaína.

Estiveram no Rio desde quinta Don Dransfield, CEO da 777 Football Group, Johannes Spors, recentemente promovido ao cargo de diretor esportivo, o diretor de entretenimento Juan Arciniegas e Nicolas Maya, que é o chefe de operações do grupo americano.

Executivos da 777 Partners visita o CT Moacyr Barbosa, do Vasco

Foi a primeira vez de Don Dransfield em visita ao Vasco. Depois de 12 anos à frente da pasta de estratégia do Grupo City, ele foi contratado no fim de maio para comandar o braço da holding que toma conta do futebol. Caso conclua a venda de 70% da futura SAF, é sob o guarda-chuva dele que o Vasco vai ficar, ao lado do Red Star (da França), Standard de Liège (Bélgica) e Genoa (Itália).

Don, portanto, conheceu a diretoria vascaína, esteve em São Januário no empate com o Ituano, em jogo válido pela 19ª rodada da Série B do Brasileirão, e ficou encantado com a festa feita pela torcida na apresentação de Alex Teixeira.

– É uma grande honra estar aqui. Venho do City Football Group e tive o privilégio de ver jogos ao redor do mundo. E tenho que dizer que a atmosfera que vi aqui antes do jogo, eu nunca vi em lugar algum. É absolutamente inacreditável, então é um privilégio estar aqui hoje – disse o britânico em entrevista à VascoTV.

“A academia do Vasco é uma fortaleza que merece maior investimento”, diz Juan Arciniegas, da 777 Partners

Ainda na manhã de terça, logo depois de chegarem, Don, Juan, Nicolas e Johannes se reuniram com o presidente Jorge Salgado, com Carlos Roberto Osório (1º VP Geral), Carlos Brazil (diretor-executivo de futebol) e Witor Barros, coordenador de análise de mercado. Um dos temas foi contratações, embora nenhum martelo tenha sido batido.

O nome de Paulinho foi levantado nessa ocasião. O Vasco tem interesse em buscar o jogador no Bayer Leverkusen, chegou a fazer uma sondagem, mas qualquer avanço nesse assunto depende da aprovação da SAF.

O organograma

Foi uma visita importante, também, para que o organograma da SAF vascaína começasse a ser rascunhado. Com os homens fortes no Rio de Janeiro, a 777 sentou com Paulo Bracks e fechou a contratação do executivo que até março estava no Inter. Ele também tem passagem América-MG, foi auditor do STJD e funcionário da Federação Mineira de Futebol.

Bracks, que na quinta-feira foi conhecer o CT Moacyr Barbosa ao lado de Arciniegas, Nicolas e Johannes, fica no Rio de Janeiro e está encarregado de apresentar um diagnóstico do elenco do Vasco para a 777 enquanto a SAF não sai do papel. Carlos Brazil muito provavelmente exercerá alguma função na SAF, embora ainda não tenha sido definido qual.

Paulo Bracks, ex-executivo Inter, fechou com a 777 Partners e vai trabalhar no Vasco em caso de aquisição da SAF

O grupo americano enxergava a necessidade de contratar alguém com conhecimento do mercado brasileiro – Rodrigo Caetano chegou a ser alvo, mas acabou renovando com o Atlético-MG. No momento, Bracks exerce o papel de consultor. Com a aquisição da SAF, ele será o diretor esportivo. Ainda não está claro se ele fará parte do conselho de administração do Vasco SAF, no entanto.

Como diretor, Bracks se reportará diretamente ao alemão Johannes Spors, que esta semana foi promovido ao cargo de “sporting director” da 777 Football Group (o anúncio da promoção foi divulgado à imprensa na última segunda-feira). Johannes antes era o chefe de scout do Genoa, da Itália.

“Nessa função recentemente criada, reportando-se ao CEO Don Dransfield, Spors vai supervisionar todas as operações esportivas do grupo, trabalhando de perto com os diretores esportivos de cada clube da rede da 777 Football Group. Essa função vai garantir uma estrutura consistente e compartilhar as melhores práticas nas áres, incluindo desenvolvimento de jogadores, performance, tecnologia, recrutamento e scouting”, descreveu o comunicado da 777.

Com relação ao restante do organograma, nenhuma decisão foi tomada durante a visita. Ao menos num primeiro momento, a 777 dá sinais de que pretende mexer o menos possível na estrutura de futebol do Vasco, até porque o clube está no meio da disputa da Série B, e o acesso à Série A é estrategicamente importante para a empresa.

– Eu vejo a 777 fazendo movimentos muito suaves, não os vejo chegando e destruindo tudo – resumiu uma pessoa por dentro das negociações ouvida pelo ge.

Jogo do sub-20 e visita à CBF

Na quarta-feira à tarde, os executivos da 777 foram até o Estádio das Laranjeiras e acompanharam de perto a vitória do Vasco por 2 a 1 sobre o Fluminense, pelo jogo de ida da final do Campeonato Carioca Sub-20. Os gols vascaínos foram marcados por Paixão e Caio Dantas.

As categorias de base do Vasco certamente vão receber bastante atenção do grupo americano, como deixou claro Juan Arciniegas em entrevista recente ao Rodrigo Capelo:

“A academia do Vasco é uma fortaleza que merece um maior investimento. Certamente é uma peça-chave do futuro esportivo que o clube tem”, disse.

Já na quinta-feira, um pouco antes de ir embora, a delegação da 777 visitou o prédio da CBF e se reuniu com o presidente Ednaldo Rodrigues num evento que serviu de mera formalidade, com fotos e apertos de mão. A entidade tem acompanhado de perto a transição do Vasco e, inclusive, deu o aval para que os ativos vascaínos (contratos de jogadores, comissão técnica…) sejam transferidos para a SAF mesmo com a Série B em andamento.

Fonte: ge

Compartilhe

Curtir isso:

Curtir Carregando…

Fonte: vasconet.com.br/2022/07/22/executivos-da-777-ja-deixaram-o-brasil-vasco-se-prepara-para-a-transicao-para-a-saf