Série B: Heron Ferreira é lembrado como opção no Ituano

13 de julho de 2022 Off Por admin

Série B: Heron Ferreira é lembrado como opção no Ituano

Nome foi lembrado pela imprensa do interior paulista. Há alguns meses, Heron Ferreira retornou de sua última passagem pelo futebol africano.

Ex-auxiliar de Vanderlei Luxemburgo, dirigiu dezenas de clubes no Brasil, fez sucesso no exterior e quer retomar a carreira no Brasil

Categorias: Futebol Interior

Por: Agência Futebol Interior, 13/07/2022

Heron Ferreira 0008 ori e1657685368578 Heron Ferreira: experiência nacional e internacional

Itu, SP, 13 (AFI) – A direção do Ituano espera definir nas próximas horas o substituto do técnico Mazola Júnior, que foi desligado na terça-feira, de maneira surpreendente quando iria dar o treino. Um nome lembrado na cidade é de Heron Ferreira, campeão do Interior com o clube no final dos anos 90. O desafio é manter o time dentro do Campeonato Brasileiro da Série B.Há alguns meses, Heron Ferreira retornou de sua última passagem pelo futebol africano, tendo trabalhado em vários países como Marrocos, Egito, Arábia Saudita, Sudão, Catar e Emirados Árabes. Depois de quase 20 anos no exterior, ele já confirmou o seu desejo de fincar raízes agora no Brasil.“Quero ficar no Brasil porque preciso me dedicar mais à minha família” – diz Heron, que revela ter recebido alguns convites, mas que não o agradaram. O problema sempre esbarra na rotina massacrante do futebol brasileiro: a obrigação de vencer sempre.“O futebol é uma competição onde se precisa vencer sempre, porém, às vezes, a cobrança é desumana. Não por ser cobrança, mas porque as condições de trabalho oferecidas, nem sempre são as mínimas necessárias” – explica.Sobre ter seu nome lembrando pela imprensa do Interior de São Paulo, o técnico acha que é muito importante. “É sinal de que plantamos uma sementinha e que ele floresceu” – compara.CARREIRA VITORIOSANo início dos anos 90, Heron Ferreira foi auxiliar técnico de Vanderlei Luxemburgo, inclusive, sendo campeão paulista com o Bragantino em 1990, um ano depois de levantar o Brasileiro da Série B.Depois passou por dezenas de clubes, como Juventude-RS, Figueirense-SC, Coritiba, Náutico, Paysandu, além de União São João e Ituano, no interior paulista.Depois ele fez história na África, onde conquistou imenso destaque ao ser Tricampeão do Sudão pelo Al Hilal e vice-campeão do Egito pelo Ismaily Club. Além da América do Sul e da África, Ferreira também se aventurou pelo mundo árabe, onde foi vice-campeão da Copa do Rei pelo Al Hilal da Arábia Saudita.Considerado nos clubes onde passou como disciplinador e agregador, Heron é também fluente em inglês e espanhol. Profundo estudioso das técnicas e táticas de futebol, Ferreira é um treinador moderno, atualizado e com visão voltada para o desenvolvimento do esporte competitivo e de alta performance.

Confira também:

Fonte: www.futebolinterior.com.br/serie-b-heron-ferreira-e-lembrado-como-opcao-no-ituano