Confira outros tópicos da entrevista coletiva de Zé Ricardo após Tombense 1 x 1 Vasco – VASCONet

Confira outros tópicos da entrevista coletiva de Zé Ricardo após Tombense 1 x 1 Vasco – VASCONet

2 de maio de 2022 Off Por admin

SIGA-NOS

Confira outros tópicos da entrevista coletiva de Zé Ricardo após Tombense 1 x 1 Vasco Domingo, 01/05/2022 – 21:07 O Vasco volta frustrado de Minas Gerais, mas com um ponto na bagagem. O time não teve uma boa atuação no empate por 1 a 1 com o Tombense, saiu atrás, mas conseguiu buscar o empate na etapa final. Após a partida, Zé Ricardo criticou a postura de sua equipe no primeiro tempo, mas ressaltou a melhora na etapa final e frisou que ansiedade, especialmente dos mais jovens, acabou atrapalhando.

– O resultado que viemos buscar aqui, que era a vitória, ficou mais difícil depois do primeiro tempo muito abaixo que fizemos. Se a equipe quer somar pontos para ficar na parte de cima da tabela, precisamos corrigir a postura que tivemos no primeiro tempo. Essa foi uma crítica que nossa que os jogadores concordaram no intervalo. Tivemos também um pouquinho de dificuldade de adaptação ao gramado. O gramado prende um pouco a bola. Mas de uma forma geral não podemos encontrar desculpas. Fizemos um primeiro tempo bem abaixo.

– Voltamos bem do intervalo, dominamos as ações, tivemos oportunidades. Talvez um pouco mais de paciência poderíamos ter encontrado espaços que apareceram. Ansiedade de definir logo as jogadas nos prejudicou. Ainda temos alguns meninos em transformação, isso acaba pesando. Fica a frustração por não conseguirmos a vitória – analisou Zé Ricardo.

Caso vencesse o jogo, o Vasco entraria no G-4. Invicto, com quatro empates e uma vitória, o time tem sete pontos e está na oitava colocação da Série B.

Menos mal, que, pelo menos não fomos derrotados. Estamos a três pontos do líder. Está tudo muito embolado. Agora vamos tentar fazer o dever de casa contra a forte equipe do CSA, para tentarmos nos aproximar da zona de classificação, porque é importante não distanciar, já que é um campeonato de regularidade e o Vasco precisa estar sempre pontuando para buscar a classificação lá na trigésima oitava rodada, que é o grande objetivo do ano.

Outros trechos

Vascaínos em Muriaé

Sensacional. Queria fazer um agradecimento especial à torcida do Vasco, pessoal de Muriaé. Desde a nossa chegada, um momento muito receptivo, muito caloroso. A gente sabe que a torcida do Vasco é gigante, aonde vamos somos muito bem recebidos. A torcida vascaína está de parabéns, principalmente aqueles que compareceram e torceram o tempo todo. Queríamos muito dar uma vitória como retribuição, mas infelizmente acabou não acontecendo.

Postura e escolhas erradas

Não é questão de postura. Nós tentamos adiantar a marcação, ter mais posse de bola, pressionar a equipe da Tombense, isso eles (jogadores) procuraram fazer, algumas decisões não foram muito boas e, principalmente a questão da organização. Talvez um pouco de ansiedade em querer mostrar resultado, foi um jogo com muitos meninos, não apenas meninos, mas a gente vem tendo um pouco de ansiedade nas tomadas de decisões, esperar o melhor momento, e isso foi a principal arma da equipe da Tombense, que aguardou e esperou o contra-ataque que nós demos. Por pouco o prejuízo no primeiro tempo não acabou sendo maior. Nós corrigimos no segundo temo, a postura da equipe mudou, concentração mudou. A equipe entendeu que precisava de paciência.

Compromisso contra o CSA

Infelizmente não saímos com a vitória, no fim do jogo tivemos algumas oportunidades, o Palácios entrou bem, o Figueiredo também teve uma oportunidade, o Nenê, duas ou três de servir, mas acabou não tendo a bola que sabemos que ele é especialista. Agora é descansar, trabalhar, analisar a equipe do CSA. A gente sabe que vai ter muita dificuldade de jogar em casa, a pressão para ganhar é muito grande, mas não podemos confundir a pressão com nervosismo e tentar resolver o jogo de qualquer maneira. Tem que ter uma estratégia e ser fiel ao nosso jogo.

Opção por Edimar no 2º tempo

O Edimar veio jogando muitas vezes, no Campeonato Carioca, a gente vem posicionado em uma fase de construção na qual o adversário abaixa muito as linhas. Isso não é novidade. Nós percebemos que, com o Riquelme, que é um jogador muito ofensivo, não estávamos conseguindo construir lá de trás, e essa falta de construção no primeiro setor trazia dificuldades. Estávamos rifando muito a bola, deixando a bola dividia, o bloco baixo da Tombense facilitava a cobertura dos zagueiros e do goleiro, então entendemos que precisávamos transpor aquela fase de construção, e ajeitamos um pouco mais. O ritmo, a consistência do jogo ficou um pouco melhor e não demos mais tantos contra-ataques para a equipe adversária, e conseguimos nos organizar. Se tivéssemos tido um pouquinho mais de paciência para girar, trocar o corredor, talvez a gente encontrasse mais espaço do que achamos.

Fonte: ge

Compartilhe

Like this:

Like Loading…

Fonte: vasconet.com.br/2022/05/02/confira-outros-topicos-da-entrevista-coletiva-de-ze-ricardo-apos-tombense-1-x-1-vasco